• Meu carrinho
    R$0,00
    0
    • Seu carrinho está vazio.

Saberes do Cerrado

PATRIMÔNIO GENÉTICO, CULTURAL E SIMBÓLICO

Considerada a savana com maior diversidade do planeta, o Cerrado possui riquezas naturais e mais de 20 milhões de pessoas que trazem em sua história uma miscelânea de povos que se adaptaram para a sobrevivência. Indígenas, quilombolas, extrativistas, ribeirinhos, raizeiros, gerazeiros e vazanteiros formam hoje o grupo dos povos tradicionais do Cerrado que possuem profunda sabedoria e respeito ao meio ambiente, com expressivo senso comunitário.

As tradições milenares e o contato direto com o ambiente tornaram os tornaram especialistas privilegiados no bioma e suas potencialidades: medicina, alimentação, abrigo, espiritualidade. O Cerrado é um bem valoroso e inestimável para esses povos que são conhecedores e guardiões do legado ecológico e cultural da região.

Manipulação de plantas e raízes para serem usadas como remédio e elixir, o uso de frutos e sementes naturais da região na composição primária da alimentação e sustento da família e artesanato como uma fonte principal da economia familiar.

Os saberes populares não se encontram em livros ou computadores, mas nas experiências passadas de boca-a-boca, de geração para geração, arquivados na memória destes povos que conhecem o Cerrado de forma simples, pela vivência  e convivência.

Neste chão de mestiços, a natureza e a cultura se entrelaçam e fazem do lugar uma das mais importantes regiões naturais da Terra, a serem preservadas para o conhecimento e o aproveitamento das futuras gerações.