• Meu carrinho
    R$0,00
    0
    • Seu carrinho está vazio.

Tecendo o protagonismo

Nossa dinâmica político-comunitária de organização em rede permitiu enfrentar os desafios que nos impediam de ter um sentido comum, próprio dos agroextrativistas, de nos aproximarmos. Com a vivência de rede, aproveitamos a riqueza de toda a nossa diversidade cultural, biológica e política para mostrar que existe um outro Cerrado de populações que tecem suas vidas, há alguns milênios (e outras há séculos) retirando deste Bioma o sustento para corpo e o espírito, preservando-o

Aprendemos que o processo em rede potencializa a participação comunitária em espaços públicos, permite maior enfrentamento à padronização da vida, pois na Rede estamos criando uma outra economia agroextrativista. Essas mudanças se materializaram em conquistas junto ao poder público:

Conquistas

● A criação das primeiras Reservas Extrativistas no bioma Cerrado: Lago do Cedro –Aruanã/GO, Recanto das Araras de Terra Ronca-São Domingos e Guarani /GO, decreto de 11 de setembro de 2006;
● Consagração da luta pela terra, água e Cerrado, desencadeada pela Rede, através da solicitação de criação de 10 Resex’s, envolvendo 600 famílias e uma área total de 300.000 hectares.

● Criação da portaria que proíbe o corte do Baru (Dipteryx alata) no estado de Goiás e no município de Lassance/MG;
● Aprovação da Lei nº15.051, de 29 de dezembro de 2004, que trata da matéria tributária dispondo sobre a redução de base de cálculo do Imposto de Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) sobre a industrialização de produtos típicos do cerrado (antes era 17% e com a lei passou para 7%). Foi resultado das reivindicações da Rede junto ao Governo de Goiás.

● Primeiro Complexo de Empreendimentos Agroextrativistas do Cerrado;
● 
Introdução do Baru na alimentação escolar em 2001;
● 
Ano 2005, Concurso Nacional de Sistematização em Agroecologia e Agriculturas Alternativas,MDA;
● 
Ano 2007, Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social;
● 
Ano 2009, Certificado de Tecnologia Social Fundação Banco do Brasil;
● 
Ano 2012, Prêmio IICA 70 anos de Empreendimento da Agricultura Familiar do Brasil.